Dicas

Gaspacho: de Sopa dos Pobres a Sopa Requintada

O gaspacho é uma sopa fria espanhola, com um forte travo a alho e vinagre, e que é consumido desde século XVII pelos pobres da Andaluzia.

Chamava-se na altura “Gazpachillo del pobre” e consistia numa sopa de pão para matar a fome aos pobres, à qual se juntavam água, azeite, alho e vinagre, migados e misturados num almofariz. O próprio nome, de origem e influência árabe, significa pão encharcado.

Existem vários tipos de gaspacho. Desde o gaspacho branco, com base de alho branco, passando pelo cordobês, que leva massa de amêndoas peladas e terminando no gaspacho “rojo” que leva tomate e pimentão e que é, sem sombra de dúvida, o mais popular.

Em Portugal, o gaspacho também faz parte do nosso património culinário, sendo tradicional no Alentejo e no Algarve.

O gaspacho português, ao contrário do espanhol, não é totalmente triturado, sendo os ingredientes servidos em cubinhos. O pepino e o pimento são ingredientes fundamentais da versão portuguesa desta sopa fria.

Seja qual fora a sua origem, o gaspacho será sempre sinónimo de Verão e tempo quente na Península Ibérica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *