Dicas · Refeições

Variantes de Sarapatel em Portugal

Existem muitas variantes de sarapatel em Portugal, não sendo, por isso, confecionado da mesma forma de Norte a Sul do país.

No Minho é confecionado com as miudezas do cabrito, sendo um prato fundamental na Romaria de São João d’Arga, uma das mais típicas festas minhotas.

Já no Alentejo o sarapatel leva, para além das miudezas, carne de borrego e cabrito e é servido sobre fatias de pão alentejano. Pensa-se que a introdução da carne no Sarapatel tenha sido feita pelos cristãos novos, cuja anterior religião judaica os impedia de comer as partes menos nobres do animal, como os miúdos e o sangue.

Este prato foi levado pelos portugueses aos quatro cantos do mundo, durante a época dos Descobrimentos, tendo sido acrescentadas variantes nessas paragens. Em Goa, o Sarapatel é feito com miudezas de porco e fortemente condimentado com especiarias como açafrão, canela, cravinho, tamarindo, malagueta e gengibre, que lhe conferem um sabor muito característico.

O Sarapatel é por isso um símbolo da fusão entre a cultura portuguesa e a indiana, fazendo também parte da cozinha tradicional brasileira.

O vinagre tem neste prato um papel muito importante. Não só confere a acidez que lhe é característica (que na receita goesa pode ser dada pela água de tamarindo), como nas versões que levam sangue, impede que este coagule.

Receita de Sarapatel Goês

Indicadores de Preparação:

Tempo
120 Minutos
Dose
4 a 6 Pessoas
Dificuldade
Médio
Custo
Médio

Ingredientes:

  • Carne de Porco 500g;
  • Fígado de Porco 500g;
  • Orelha de Porco 2 Unidades;
  • Coração de Porco 1 Unidade;
  • Pulmão de Porco 1 Unidade;
  • Vinagre 3 colheres de Sopa;
  • Alho 4 Unidades (Dentes);
  • Colorau 1 colher de Chá;
  • Cebola 2 Unidades;
  • Cominhos moídos 1 colher de Café;
  • cravinhos 6 Unidades;
  • Coentros em grão 1 colher de Café;
  • Canela 1 Unidade (pau);
  • Malagueta em pó 1 colher de Chá;
  • Gengibre fresco 1 Unidade (dedo);
  • Vinho Branco 1 Copo;
  • Sangue de Porco 2 Dl;
  • Sal e pimenta a gosto.

Preparação:

  • Num tacho deite água, o pau de canela e uma cebola com os cravinhos;
  • Quando a água levantar fervura deita-se a carne e as miudezas e deixa-se cozer;
  • No fim retire-as e reserve o caldo, depois de coado;
  • Corte a carne e as miudezas em cubinhos e salteie num pouco de azeite;
  • Num tacho faça um refogado com a cebola, o alho e o gengibre picados;
  • Junte a carne e as especiarias. Refresque com o vinho branco;
  • Adicione o caldo de carne e o vinagre. Deixe apurar;
  • Adicione o sangue, diluído num pouco de vinagre, adicione sal e pimenta qb e deixe reduzir o molho.

Bom apetite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *